17 de set de 2015

REFLEXÕES SOBRE ESCOLA



O que seu filho estudou hoje na escola?

Já parou para pensar/refletir o que ele estuda?

O meu está estudando Geografia:
- Formas e relevos, Mapeando o relevo do país.
- Planaltos de núcleo cristalino arqueados.
- Recursos hídricos, curso inferior, curso médio e superior.
- Bacias do Brasil
- Bacias Secundárias
- Continentalidade e Maritimidade
- Tipos de Clima
- etc, etc, etc

50 páginas com esses conteúdos!

A criança estuda, faz a prova e esquece.
Não acredita? Deixe passar uma semana das provas e faça a prova novamente para eles: história, geografia e ciências (pelo menos a maioria deles).




Nós também estudamos tudo isso um dia.

Qual a porcentagem de conteúdo enfiado em você nos 12 anos de ensino fundamental I, II e médio você ainda lembra hoje?

"Cinturões orogênicos". Não sabe o que é? Como não?? Você estudou um dia, e um dia, se você não soubesse, você tiraria -1 na prova!


Se num momento da vida dele "Cinturões orogênicos" forem importantes, aposto que ele vai entrar no Google e vai pesquisar tudo sobre o assunto. Mas assim, enfiado goela abaixo, a única coisa que acontece é ele odiar os Cinturões que nem tem culpa.

Estudar precisa ser assim?

Conteúdo, conteúdo, conteúdo, conteúdo, conteúdo, conteúdo, conteúdo, conteúdo, conteúdo, conteúdo, conteúdo, conteúdo, conteúdo, conteúdo, conteúdo, conteúdo, conteúdo, conteúdo, conteúdo sem sentido para a criança.

Já pensou nisso?
Tem que estudar? sim, lógico. Cultura, educação e conhecimento são pilares fundamentais para o ser humano. Mas, acredito que 60% do conteúdo abordado em sala de aula não precisaria ser ensinado da forma que é. Perda de tempo de todos: escola, professor, pais e aluno.

Doze anos investidos no que a criança quer/goste realmente de fazer, mostre motivação e dedicação, teríamos homens e profissionais melhores para o mundo.

Fábio Colombini

Nenhum comentário: